SEMTRE - Secretaria Municipal de Emprego e Renda :: Piracicaba
No images
Prefeitura oferece curso gratuito de português para haitianos
PDF Imprimir E-mail Escrito por Aldelize Nascimento | Seg, 23 de Maio de 2016 21:15

A Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal do Trabalho e Renda (Semtre) e Convênio de Cooperação Técnica com Universidade Metodista de Piracicaba – UNIMEP, oferecerá curso gratuito de Língua Portuguesa para dezoito haitianos que residem na cidade de Piracicaba. O objetivo é promover a cidadania, a inclusão social e o cumprimento dos Direitos Humanos.

A aula inaugural com a entrega de kits aos alunos acontece na noite desta segunda-feira (23), no Anfiteatro da Semtre e contará com as presenças do Prefeito Gabriel Ferrato, o Secretário Municipal de Trabalho e Renda, Carlos Beltrame, o Assessor de Relações Internacionais da Unimep, Marcelo da Silva Leite,o Coordenador de Extensão e Assuntos Comunitários, Josue Adam Lazier, professores e alunos.

O curso terá duração de dois anos, com encontros semanais às segundas-feiras, das 19 às 21 horas e a Secretaria fornecerá vale transporte e lanche. É estimado que vivem em Piracicaba cerca de 54 haitianos.

Eles têm como primeira língua o crioulo e alguns também falam o espanhol, francês e inglês. Entre as principais dificuldades enfrentadas, está a dificuldade de falar o português.

O prefeito Gabriel Ferrato, mencionou ser muito gratificante o município contribuir para que os estudantes haitianos possam romper com as dificuldades decorrentes do idioma. “Eles têm real noção do tamanho da oportunidade que estão tendo. Até porque foi um ato de muita coragem deixar tudo no Haiti para vir ao Brasil”.

Ferrato ressalta que o município, ao acolher os haitianos, está promovendo cidadania e inclusão social e respeitando os direitos humanos. “Eles vieram para Piracicaba em busca de trabalho e melhores condições de vida e precisamos acolhê-los da melhor forma possível”.

O Secretário Carlos Beltrame explicou que os haitianos em suas buscas de emprego e/ou cursos de qualificação na SEMTRE encontram obstáculos para se comunicar, por exemplo, no momento de entrevista e com isso se inserir no mercado de trabalho, por não dominar a nossa língua, sensível a esta questão propomos ao prefeito Gabriel Ferrato um curso preparatório para beneficiar esse público, o qual fomos prontamente atendidos. É o governo municipal garantindo a cidadania a esse povo que carrega histórias tão sofridas.

O Assessor de Relações Internacionais da UNIMEP, Marcelo da Silva Leite, avaliou que a parceria UNIMEP/Semtre é positiva e mostra a sintonização entre as duas instituições com temas que são discutidos pela comunidade internacional. “Essa parceria e ação desenvolvida demonstra que as duas instituições olham para além do limite local e enxerga o mundo, pensando numa perspectiva de como podemos ser agentes de transformação com os temas políticos, sociais e econômicos da agenda global”, observa.

Josue Adam Lazier, Coordenador de Extensão e Assuntos Comunitários e Coordenador do CAPACIT – Centro de Capacitação Profissional e Corporativa da Universidade Metodista de Piracicaba, explica que “esse projeto de extensão foi criado para oferecer oportunidades aos haitianos para se inserirem adequadamente no mercado de trabalho e/ou contribuir para a continuidade dos estudos formais no Brasil, promovendo a integração na sociedade piracicabana, considerando que muitos chegam ao país sem conhecimento da língua local e/ou com baixo grau de escolaridade”, afirma

É visível nos olhos de cada um dos 18 haitianos inscritos no curso a alegria de ter a oportunidade em fazer o curso de português, conforme relataram os servidores da SEMTRE, membros da comissão de execução do convênio e responsáveis pelos contatos, inscrição e sensibilização dos haitianos, Adriana Nicolau e Caio Marafon.

Há dois anos no Brasil, Friencette Gaspard, 32 anos, casada, mãe de quatro filhos fala sobre a dificuldade que tem para conseguir emprego por não dominar a Língua Portuguesa. “Estou há dois anos no Brasil com meu esposo e quero trazer os meus filhos, mas preciso arrumar um emprego e estou encontrando dificuldade, pois toda vez que vou participar de um processo seletivo, fico quieta por não entender o que estão pedindo, com isso acabo sendo desclassificada. Tenho expectativa de que com esse curso as oportunidades irão melhorar”, explica.

O haitiano Kesner Celiantus, 24 anos, explicou que não fala apenas o Inglês e o Francês, mas também o espanhol o que facilitou a entrada no mercado de trabalho há dois anos em Santa Catarina, mas há dois meses em Piracicaba, tem sentido a diferença na comunicação. “Quando cheguei à Santa Catarina não tive tanta dificuldade, pois falo Espanhol, tanto que consegui emprego de chapeiro, cozinheiro e pedreiro, fiquei seis meses em cada, mas há dois meses em Piracicaba sinto dificuldade em me comunicar. O curso de português será muito importante para eu compreender o que as pessoas falam”, afirma.

 
« Voltar

PREFEITURA INFORMA


A Prefeitura do Município de Piracicaba, por meio da SEMTRE Secretaria Municipal do Trabalho e Renda, informa que a partir do dia 04 de maio o atendimento passará a ser em novo endereço que fica à Rua: Monsenhor Manoel Francisco Rosa, nº 900 ao lado dos Correios.

Com as novas instalações programas como: Banco do Povo Paulista, Centro de Apoio ao Trabalhador, Economia Informal (ambulante), Qualificação Profissional, Apoio ao MEI- Microempreendedor Individual, Time do Emprego e Primeiro Emprego, serão oferecidos com melhores condições à população.